Inês_Linares.jpg
  • https://www.facebook.com/ineslinares

Inês Linares, tem nas suas origens o Alentejo, Ponte de Sôr. Sempre gostou de cantar e a música sempre fez parte da sua vida. Aos 17 anos muda-se para Lisboa para estudar e ingressa na tuna feminina da sua escola e inicia o seu percurso no mundo da música. Em 2016 faz a sua primeira apresentação fadista, no palco do Festival de Fado do Alto Alentejo, FestFado, concurso no qual obtém o segundo lugar. Ainda nesse ano, integra a primeira Orquestra Jeunesse du 7 Sois, em colaboração com músicos de Cabo-Verde e Itália, sob direcção musical de José Barros. Desde então tem feito diversas apresentações em Noites de Fado em restaurantes, associações e casas de fado. Fez em 2017 parte do elenco da Grande Final da Festa do Fado e das Colectividades da Cidade de Lisboa. Realiza em Fevereiro de 2018 o seu primeiro concerto em palco internacional (Marcheprime, Bordéus). Em Julho 2018 volta ao palco do FestFado Alto Alentejo, para a Grande Final deste concurso, onde se sagra vencedora e tem a oportunidade de dar início à produção do seu primeiro trabalho discográfico, com lançamento marcada a 26 de Abril de 2019.
Em 2018 vence o FestFado integra a equipa de residentes do Festival 7 Sois 7 Luas e realiza concertos em Cabo-Verde e Gran Canária, tendo já outros concertos agendados para a edição 2019 do mesmo festival.

Em 2018 vence o concurso de Fado do Festfado Alto Alentejo ganhando como prémio a gravação do seu primeiro trabalho discográfico editado em 2019 pela Música Unida.